9 COISAS PRA FAZER ANTES DE CASAR

Pois é, ninguém pensa nisso. No namoro vai tudo muito bem, é tudo muito bom e, de repente, você está lá jogando seu buquê para as amigas desesperadas.

1 – VIAJAR 1 ANO SOZINHA PELO MUNDO

Cá entre nós, o único ser humano casado que fica dando abraço em pingüim enquanto a mulher cuida das filhas é o Amyr Klink. Se você ama viajar e o seu sonho é sair desembestada pelo mundo, não deixe esse plano para a eternidade.

Não tem grana? Venda o carro. Tem medo? Compre um apito e azucrine o ouvido do tarado que tentar atacar você. Viaje pelos quatro cantos do mundo, curta mesmo, de verdade. E uma dica: se quiserem lhe oferecer um camelo no Egito, isso não é souvenir, amiga, é o cara te cantando. Vamos lá… você vale mais que um camelo; tudo bem, eles podem até ter dois pulmões, mas são muito, muito fedorentos.

2 – SE ATIRAR NOS BRAÇOS DO SEU ÍDOLO

Não, não dá para fazer essa tietagem casada. O cara ia ficar com muito ciúme e cozinhar os CDs do seu ídolo junto com banana no microondas. Acha impossível ter acesso ao big star?

Que nada! Saiba que a brasileira Sylvia Martins conquistou e casou com o bonitão Richard Gere na cara e na coragem. Mas, por favor, não exagere na demonstração de carinho com seu ídolo. A paranóia anda generalizada e, desde que o fã matou John Lenon, todo mundo tem pavor de amalucado. Pule no pescoço dele com discrição.

3 – ORGIA SEXUAL

Ulalá! Esses romanos é que sabiam das coisas. Segundo a história, foram eles que inventaram os bacanais, cujo nome deriva de Baco, o deus do vinho. Uma orgia erótica que envolvia a alegria. Durou pouco porque acabaram sendo consideradas proibidíssimas e figurou entre as penas capitais.

Não tenho a menor idéia de como se organiza um bacanal. Será que é por e-mail? “Gente, hoje tem bacanal lá em casa!!”. De qualquer forma, se essa realmente for uma daquelas suas fantasias que você quer porque quer fazer, use camisinha até na orelha. Nunca se sabe…

4 – COMER UMA PIZZA DE ALHO INTEIRA

Sim, querida, isso se chama l-i-b-e-r-d-a-d-e porque é bom, muito bom e porque ninguém agüenta um bafão de pizza de alho ao vivo, aliás, nem por telefone. Conheço casamentos que terminaram por bafo de aliche, imagina de alho. O ritual é divino: você de pijama pink-ai-meus-olhos, de pantufas do pato Donald, largadona no sofá, um copo de guaraná na mão, dois pedaços de pizza na outra e somente o céu por testemunha. Sim, você merece esse momento de puro prazer solitário, quase orgástico, só que no lugar do ca—–, é um alho. Sim, grite, grite: amo muito tudo isso!

5 – FICAR 1 MÊS SEM SE DEPILAR

Alegria, alegria, alegria! Poder olhar para aquela cera medonha de dolorosa e dizer: “Abandona esse corpo em nome de Deus, coisa ruim…”. Deleite-se, querida, sem precisar sofrer durante um mês, sem parecer um cactus no dia seguinte da depilação com lâmina de barbear…

Você está solteira e se ama mesmo peluda, a vida te ama mesmo peluda, sua família e seus amigos te amam mesmo peluda. Mas nem tudo são flores: o pessoal do cabeleireiro vai olhar torto para você, e se por acaso você for na balada e descolar um pretendente, não transe na primeira noite nem a pau… Nem a pau mesmo! Transar na primeira noite já é o “Ó”, peluda então… Cruzes, que vergonha!

6 – SAIR PELADA NA PLAYBOY

Vai, não tem ninguém olhando, confessa que você já ficou mais de uma vez no espelho, nua com a mão no bolso, se imaginando toda gata na capa de uma revista masculina. Sim, querida, isso é normal e povoa o nosso inconsciente em algum lugarzinho. Coisas do ego, sabe como é que é. E por que não? A grana deve ser boa, além do mais tem photoshop, aquele negócio mágico que faz a nossa celulite sumir e as nossas estrias darem tchauzinho. Se o seu pai reclamar?

Fala para ele que tem coisa mais importante acontecendo no mundo, que o carro dele é um dos responsáveis pelo aquecimento global e pelos ursos polares não acharem mais capota de gelo para subir.

7 – RESOLVER O PROBLEMA COM SEU PAI

A maioria de nós tem problemas mal-resolvidos com a figura paterna. Ou gosta de mais ou de menos e é claro que vai projetar isso no marido. O quê? Chamar seu homem de “papi, paizinho, paizola”??? Nem pensar! Está louca? Homem é homem, pai é pai. Sim, claro que pai é homem, mas homem não é pai, entende? Faça terapia, procure Buda, Jesus, o boibumbá, mas resolva essa parada de uma vez por todas. Se você trata seu cara como pai, ele vai te tratar como filha, certo? É aí que começa o tilte: pai não dá cato em filha. Então, você não reclama se o seu companheiro parar de comparecer. Lugar de pai é em porta-retratos ao lado da mãe. Cruz credo!

8 – PARTICIPAR DO MISS UNIVERSO

Tem uma comunidade no orkut muito divertida que chama: “É brega, mas eu gosto”. Tá, o concurso pode não ser a coisa mais fashion do planeta, mas deve ser o máximo usar uma coroa cheia de brilhantes.

Fora ganhar um monte de viagens, carro, roupas divinas, etc. etc. etc. Por que virar miss antes de casar? Porque o concurso não aceita mulheres casadas, nem com filhos e nem as que saíram em fotos sensuais. Então, por favor, você escolha se quer ser Miss Universo ou sair pelada na capa da Playboy.

9 – APRENDER A TOCAR UM INSTRUMENTO BARULHENTO

Até que existem uns caras bem compreensivos. Gente bacana mesmo que tolera a sua transformação em King Kong quando você entra na TPM. Também aceitam o seu pequinês caolho com os dentinhos pra fora, te olhando com aqueles olhos esbugalhados com cara de que vão pular das órbitas. Mas ser marido de uma sem-noção que resolveu aprender a tocar tuba depois de casada, ah não, ninguém merece… Fala sério! Coisas assim foram feitas para se aprender antes, muito antes. Tipo na escola, onde tem aquelas bandinhas pé no saco que nossas mães são obrigadas a ouvir para acabar de pagar os pecados por terem batido na irmã na infância. Não entra nessa, por favor!

Por Gisela Rao

2 Respostas

  1. […] da minha lista de prioridades na vida (se eu fosse mulher e solteira, certamente consideraria a lista que a Espoleta achou). Não que eu tenha algo contra o país, muito pelo contrário, dou a maior […]

  2. Ahahah…bem divertido!!!! Mas será mais divertido se td isto for possível mesmo durante o casamento. Pois se nao puder fazer isto td e muito mais com uma pessoa com que se viverá anos e anos, pra quê casar?????
    É curtir a vida, os momentos bacanais, etc…
    Abraços!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: