Blecaute mundial

Se neste sábado (28/03), às 20h30, você se deparar com diversos pontos históricos de São Paulo, Rio de Janeiro e outras capitais apagados, não pense que a Prefeitura e o Estado não pagaram a conta de luz e, pois estão participando da Hora do Planeta 2009.

As luzes de pontos históricos de 2,4 mil cidades de 80 países serão apagadas por uma hora em solidariedade à luta contra a mudança climática. O objetivo da campanha é chamar a atenção de líderes mundiais que se reunirão no fim deste ano, em Copenhague, para firmar um novo acordo global sobre este impacto ambiental que substitua o Tratado de Kyoto.    Aqui no Brasil, acontecerá às 20h30 de Brasília

No Brasil, a Hora do Planeta 2009 será às 20h30. Porém o início está marcado na Nova Zelândia, onde todos os geradores das ilhas Chatham serão apagados. A partir daí o apagão se espalhará pelo mundo.

Você também pode fazer parte da Hora do Planeta se apagar as luzes de sua casa por meia hora. O Planeta Terra agradece.

3 Respostas

  1. Convém ressaltar a quem lê o artigo que a estratégia do Earth Hour (http://www.earthhour.org/home/) serve para chamar a atenção das autoridades mundiais sobre o aquecimento global, especialmente aquele devido à queima de carvão e combustíveis fósseis.

    Embora seja essa uma boa estratégia para chamar a atenção, o impacto no aquecimento global será mínimo no Earth Hour: desligar a energia produzida por geradores a “gravidade” (hidrelétricas) não possui impacto nenhum. A prefeitura de São Paulo e similares brasileiros contribuirão muito pouco nesse sentido.

    No caso das ilhas Chatham, os geradores produzem eletricidade a partir de diesel (http://www.chathams.co.nz/content/blogcategory/55/84/5/5/) e o preço do combustível é impactante para eles. Poucos habitantes e pouco a contribuir.

    Quem tem mesmo a contribuir são os nossos amigos do norte e os chineses. E sabe-se disso desde Kyoto. Os americanos produzem boa parte da energia a partir da queima de carvão e, juntamente com os chineses, devem estar entre os maiores poluidores do planeta. Os chineses tem soluções a médio prazo, como a hidrelétrica das Tres Gargantas do Yang Tse (http://en.wikipedia.org/wiki/Three_Gorges_Dam). Os americanos estão em situação pior, restando-lhe apenas a alternativa da energia nuclear ou mudar toda a planta de queima de carvão para poluir menos (http://www.climatechangecorp.com/content.asp?ContentID=5341). O que envolveria $$ e tempo e uma diminuição na produção, e adicione-se aí a crise mundial atual, e consequentemente desemprego e fome subsequente.

    Estamos na roça.

  2. Caro Lex,

    Apenas para completar o seu comentário, creio que foi no ano passado que os chineses passaram a ser *oficialmente* os maiores queimadores de carvão do planeta.

    Se cabe como alívio, já que o efeito estufa parece não ter solução, saiba que a camada de ozônio parece estar recuperada após a diminuição da emissão de CFC na atmosfera. Isso é um feito notável, considerando-se as diversas variáveis envolvidas.

    Jen

  3. Sim, sim, caro Jen
    Note que a hidrelétrica das 3 Gargantas foi colocada como uma solução a *médio prazo*. Pelas últimas notícias que tive ela estaria terminada (ano passado). Entretanto existe o problema da distribuição e transmissão da energia gerada o que monta num custo razoável.
    Em épocas de crise mundial e eventualmente mesmo até com a falta de trabalho semiescravo (na China, claro), o processo de distribuição e investimentos levará um tempo maior. E claro que o planeta agradece porque queimar-se-á menos carvão.
    Talvez a crise tenha vindo numa boa hora. Vamos ver o que será feito com os mortos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: