Jenheta e a Claro 3G

Durou até muito.

Após uma experiência bastante satisfatória com o serviço de banda larga 3G oferecido pela Claro, nesta semana tive a oportunidade de verificar como é ruim o serviço de atendimento ao cliente. Ruim, não…inexistente.

Basta discar 1052 de qualquer telefone fixo ou móvel e preparar o ouvido para 20 minutos de musiquinha gravada. Numa das vezes cheguei a reclamar com os atendentes e escutei várias explicações :

“Hoje é sábado então o serviço é mais demorado”

“Cada cliente tem uma necessidade diferente então o tempo de atendimento é longo”

“Ligue para 1052 e efetue sua reclamação sobre a demora”

Após ter meu problema resolvido (conexão instável), aceitei a última sugestão e cheguei a ligar para o setor de reclamações. Após selecionar a opção “Reclamações” e aguardar 20 minutos, a ligação caiu.

Faltam apenas 7 meses para acabar o contrato de escravidão com esse serviço que até funciona bem, desde que você não precise do SAC da Claro.

5 Respostas

  1. Desde que fiquei sabendo que o jenheta é proprietário de um Mac, faço idéia que todas as complicações acima listadas devam ter um fator 1/10 da complexidade apresentada.
    Por outro lado, usuários Mac não fazem esse tipo de coisa (reclamar) e sim mandam alguém fazer, dentro daquela filosofia do estilo levado às últimas consequências.
    O que estaria errado então?🙂

  2. Aliás, outro dia fiquei sabendo que, para os usuários Mac, PC significa Plastic Crap. É dose. Na época que eu queria ter um (phaz tempo), Macs seriam máquinas mais populares com um super processador de alta cólidade, embora algo mais caro que os PC´s (P* de Computador) da altura, e um design até que simpático.
    Bons tempos! Hoje aos Macs restou o MacOs (sucks) e ….. o design. Processadores Intel e afins, e um preço com o qual dá prá comprar 10 Asus Lamborghinis.
    Eita!

  3. Censura é foda….

  4. Algum dia o Careca do Lex mudará a página deste discurso. A comparação direta entre o hardware de um PC e um Mac já deixou de ser válida há…vamos ver…4 anos. A qualidade e integração do software que usa esse hardware é o que conta. Somente quem tem um Apple pode atestar sobre essa óbvia diferença.

    Exemplos para o Lex :

    1. Conexão SSH. Eu mantenho 5 conexões vivas simultaneamente para máquinas distintas diariamente. Coloco o mac pra dormir e vou almoçar. No retorno, desperto a máquina e …surpresa…as conexões continuam vivas pois o programa que gerencia o terminal continuou enviando pings automáticos para manter a conexão remota. Faça isso no Windows ou Linux…

    2. Desfragmentar o HD, reinstalar o Windows, ou qualquer operação de reparo no software. A grande maioria dos usuários da Apple não sofre destes males. O Mac instala e desinstala os programas da forma mais conveniente possível, ao contrário do jeito arcaico do linux, sem danificar (muito) o sistema original como o Windows e seu ardiloso sistema de registros. Adicione aí o fato de ser possível executar múltiplos programas ao mesmo tempo sem vazamento de memória. Isto é, entre um PC e um Mac a ocorrência da Ampulheta será muito maior que da Bolinha de Vôlei…

    3. Meu mac possui o Windows e o Fedora virtualizados com suporte a OpenGl. Programar e testar software com ambientes distintos neste grau de conforto, sem ter que reiniciar a máquina é sem preço.

    4. O mac retorna do estado de dormência no máximo em 10 segundos. Meu laptop Windows travava em 50% das vezes, forçando um reboot. O laptop com linux era razoável mas o som não funcionava e a conexão Wi-Fi vivia caindo. Inferno.

    Estes 4 items por si fazem a diferença. Se pode-se pagar um preço razoável por um mac (via importação muy amiga), não há argumentos para não ter uma máquina destas, especialmente se seu trabalho envolve informática.

    A Apple não é santa, muito menos benfeitora humanitária, mas tem o melhor conjunto hardware-software do mundo. Quero crer que daqui 10 anos esse cenário mude, quem sabe com outra empresa melhor que a Apple, mas, até que isso ocorra, prefiro viver no conforto que no sofrimento dos PCs.

  5. Ontem terminei de assistir o Diabo veste Prada e acho que acabei hoje por entender o que você disse.
    Concordo com todos os itens que você listou e creio que, de fato, um usuário Linux ou Woundows tem mesmo que ser mais especializado para manter um certo nível de conforto. E que isso é um diferencial nos preços, que contabilizam também a disponibilidade de software profissional e útil (vide o iPhone).
    Sinceramente eu nunca tive os problemas que você listou, talvez o problema de dar o reboot quando tenho que mudar de sysop.
    Não sou defensor do Linux ou do Windows mas acabei tendo que aprender a utilizar esses sistemas para dar conta das minhas necessidades. O Linux o tenho intalado há pouco mais de 1 ano na minha máquina (um P4S8X-X) e o Windows já tem uns 4 anos que não faço reinstalação, inclusive graças a alguns programas que você mencionou que utilizaria e que foram citados neste site. Juro que não a poupo desde programar até rodar programas que fazem uso intenso de cálculos, testo programas e etc.
    Não sei. Creio que você deva ter razão no que colocou, mas prefiro utilizar a $$ extra para trocar de carro (e não ter que ficar andando de buso) ou mesmo comprar 1 note mais um 1 desktop quad core. C’est la vie.

    Ficam aí uns links para vocês caso tentem fazer a via oposta
    http://en.wikipedia.org/wiki/OSx86
    http://www.freemacblog.com/a-non-macmac-os-x-running-machine/
    Vou tentar instalar no meu eee.🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: