Inspiração do dia

Desde que passei a programar full time, percebi que a ânsia em obter produtividade diária traz consigo a tentação de trabalhar sempre que possível. Essa armadilha é comum (quem nunca ouviu dizer que “quantidade não é qualidade” ?) mas deve ser evitada. Para aqueles que precisam de um exemplo, o Benjamin Francklin oferece uma rotina diária digna de nota.

Dia-a-dia do Benjamin Francklin

Dia-a-dia do Benjamin Francklin

(“Benjamin Franklin: Autobiography and Other Writings”, Oxford)

Boa semana a todos,

Jen

Anúncios

Dica rápida para a legião de usuários Ubuntu (e derivados)

Existe almoço grátis ? Certamente, não…mas hoje deixo aqui algo totalmente grátis para a legião de usuários linux baseado na distribuição Ubuntu. Economizem 10 Dólares (preço da Amazon) e baixem gratuitamente o livro de bolso para referência desse sistema.

Acessem o endereço e boa leitura : Livro de bolso

Entendendo o mundo da Microsoft

Os leitores mais assíduos do blog sabem que eu deixei de usar produtos da Microsoft há algum tempo (com exceção do bate-papo, já que alguns contatos insistem em viver no passado). Os motivos para essa decisão são inúmeros e nem caberiam nesse espaço, mas pode-se dizer que  estabilidade e segurança são itens preciosos no meu dia-a-dia. Além disso, já se vão alguns anos que os serviços oferecidos pela Microsoft são inexplicavelmente mal desenvolvidos, exigindo um esforço e paciência extra do usuário. No meu caso, a gota d’água foi a exigência de acessar minha conta do Hotmail mensalmente, tendo que digitar o endereço “hotmail.com” por extenso. É um motivo pequeno, admito, mas são esses detalhes que aumentam o desconforto diário.

Por que escrevo isso aqui ? A seguir segue minha tradução de um email enviado pelo ex-CEO e criador da Microsoft, Bill Gates, para sua equipe de desenvolvimento interno. Uma nota importante : essa mensagem foi divulgada como material público durante o processo antitruste do governo americano contra a Microsoft.

Divirtam-se, ou chorem, dependendo da sua experiência anterior…

Obs. Recentemente mostraram essa mensagem para o Bill Gates numa entrevista e ele afirmou que boa parte do seu trabalho na Microsoft envolvia o envio de mensagens como essa…por que será que isso é fácil de se imaginar ? 🙂

Continue lendo

Fábulas de Esopo

Escritor de muitas fábulas, o hipotético Esopo teria vivido no século 6 antes de Cristo, e teria sido um escravo na Grécia Antiga, capturado em uma guerra. Há relatos sobre suas origens mas Esopo é mais uma lenda do que alguém que realmente tenha vivido.

O que não dá para negar é que há mais de 300 histórias, com características semelhantes, que podem ter sido escritas ou reescritas e divulgadas por ele. Suas histórias envolviam animais e sempre terminavam com uma moral: relacionada, claro, com os seres humanos. A moral, no caso, é devida ao fato das histórias conterem conceitos sociais, objetivos de vida e alguma conceituação física da natureza. Esse também é um legado da cultura grega que tem sido passado através de gerações até os tempos de hoje.

Jean de la Fontaine, grande poeta e fabulista francês, considerado o pai da fábula moderna, teria adaptado várias fábulas de Esopo, fazendo-as conhecidas no mundo ocidental. Algumas fábulas escritas e reescritas por ele são: A Lebre e a Tartaruga, O Leão e o Rato, A Raposa e as Uvas, O Homem, o Menino e a Mula, O Leão e o Rato, e o Carvalho e o Caniço.

Algumas das fábulas podem ser encontradas no wikipedia e no site do Universo Online (em Português), e outras no Projeto Gutenberg (em Inglês).

Histórias paulistanas

Um site interessante com histórias escritas pelos habitantes, ex-moradores e turistas da e sobre a cidade de São Paulo:

www.saopaulominhacidade.com.br

Livros grátis em português

Se quer ler mas não tem paciência ou tempo de ir até uma biblioteca ou livraria, cá está uma dica bem razoável. Baixe livros em formato PDF, MobiPocket, MS Reader, etc. escritos ou traduzidos para o português por autores de renome como Gandhi, Karl Marx, Lima Barreto, Sófocles e centenas de outros.

Tudo isso sem pirataria. O endereço é o ebooksBrasil e aqui vão os links para cada formato (a lista de livros muda de acordo com o formato selecionado) :

E mais : livros escritos em outros idiomas podem ser baixados AQUI.

Nada mal para começar a semana ! (dica de AC)

Grafologia – SUA LETRA diz quem é VOCÊ?

O que diz a ciência sobre a grafologia.

A grafologia tenta relacionar a caligrafia com a personalidade. O primeiro tratado é creditado ao italiano Camillo Baldi (1625) e reza a lenda que Nero (37-68 ) já investigava a letra de seus funcionários para descobrir suas habilidades.

Por ter obviamente falhas, é condenada por psicólogos. A grafologia, entretanto, tira o emprego de muita gente. Se tivessem sido submetidos a um teste, o ex-ministro Maílson da Nóbrega e o apresentador Ratinho jamais teriam tido uma chance.

Continua …